Nossso site agora esta em nova casa. Acesse agora www.bibliotecaevangelica.com

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Avaliando a si Mesmo

Aprender a avaliar-se é um dos maiores desafios que o ser humano tem.

Geralmente temos a tendência de avaliarmos os outros. Relevamos os nossos próprios pecados, justificamos os nossos atos, e até damos nomes mais "ligths" para eles. Jonathan Edwards foi um dos homens que também lutou com isso. Deixo abaixo um desafio para cada um de nós.
Eis os seus conselhos de como podemos e devemos nos avaliar.

Faça Sempre uma a auto-reflexão por meio da Palavra de Deus.
  • Ao ler a Bíblia ou ouvir sermões, reflita e compare os seus caminhos com o que você ouviu ou leu. Pondere que harmonia ou desarmonia existe entre a Palavra de Deus e seus caminhos.
  • Ao ler os mandamentos dados por Cristo e seus apóstolos, pergunte se vive de acordo com essas regras? Ou vive de maneira contrária a elas?
  • Ao ler histórias da Bíblia relatando os pecados e os culpados, faça uma auto-reflexão enquanto avança na leitura. Pergunte a si mesmo se é culpado de pecados semelhantes.
  • Ao ler como Deus reprovou o pecado de outros e executou julgamentos por seus pecados, questione se você merece punição semelhante.
  • Ao ler os exemplos de Cristo e dos santos, questione se você vive de maneira contraria aos seus exemplos.
  • Ao ler sobre como Deus louvou e recompensou seu povo pela suas virtudes e boas obras, pergunte se você merece a mesma benção.

Avalie os seus atos

  • Se você faz coisas que geralmente são evitadas por pessoas perspicazes e maduras, tenha um cuidado especial em questionar-se se tais atos poderiam ser pecaminosos.Seria prudente de sua parte considerar conscientemente se isso desagrada a Deus.

  • Quando a coisa é condenada por pessoas piedosas, com certeza isso parece suspeito.

Que lembranças você terá

  • Pergunte a si mesmo se no seu leito de morte terá lembranças agradáveis em relação à maneira que vive.Solenemente pergunte a si mesmo e veja se está fazendo algo agora que pode trazer problemas quando estiver no leito de morte.
  • Pense em seus caminhos e examine a si mesmo com a expectativa sensata de logo partir deste mundo para a eternidade.

Considere o que os outros podem dizer de você

Embora as pessoas estejam cegam quanto às suas próprias faltas, facilmente descobrem os erros dos outros. Devemos ouvir o que os outros dizem de nós, observar do que eles nos acusam, atentar para que erro que encontram em nós e com diligência verificar se há algum fundamento nisso.

Se outros nos acusam de qualquer coisa, deveríamos honestamente nos questionar se isso é verdade. Podemos pensar que a acusação é totalmente infundada e podemos pensar que os motivos ou o espírito do acusador estão errados, mas a pessoa perspicaz verá isso como uma ocasião para um auto-exame.

Devemos ouvir especialmente o que nossos amigos dizem de nós e sobre nós.Também deveríamos atentar para as coisas que nossos inimigos nos acusam:Nossos inimigos atacam onde somos mais fracos e mais defeituosos.

Mesmo quando foi feito de modo errado, pode ser que haja uma verdade nisso.Não importa a maneira como as pessoas falam e o que falam de nós. A resposta certa é a auto-reflexão.


Ao notar os erros nos outros, verifique se tem as mesmas deficiências

Ao notar os erros nos outros, seus atos impróprios, atitudes rudes, ou um comportamento inadequado – reflita.

  • Avalie se não um erro semelhante na sua conduta ou atitude.
  • Avalie como os outros são cegos em relação aos seus próprios pecados e pergunte a si mesmo se você sofre do mesmo tipo de cegueira.
Você sabe que as pessoas são cegas pelas suas próprias paixões. Os mesmos apetites e paixões carnais da mente já o enganaram?

Questione se sua ligação com este mundo pode estar lhe cegando de tal forma que o leve a justificar coisas na sua vida que não estão certas.

Veja como os outros estão cegos pelo mundanismo.Você tem o mesmo coração enganos e desesperadamente corrupto para certas práticas.

Adaptado do livro: Sociedade sem pecado – John MacArthur, Jr

veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...